Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

No comando: Bom dia Liberdade

Das 06:00 as 08:00

img_20150716_074605
No comando: Liberdade Rádio Show

Das 08:00 as 12:00

pastor
No comando: Pastor Roque Transformando Vidas

Das 12:00 as 12:15

logo-liberdade-mascote
No comando: Nação Sertaneja

Das 12:20 as 14:00

No comando: Top Musical

Das 14:00 as 14:59

No comando: Show da Tarde com CARLÂO

Das 14:00 as 15:59

No comando: Top 20

Das 15:00 as 16:29

mini-logo-ok
No comando: DJ Lucas com Top 40

Das 15:00 as 18:00

No comando: Disk Liberdade com CARLÃO

Das 16:00 as 17:59

logo-liberdade-mascote
No comando: SONGS BY NIGHT

Das 21:00 as 23:59

Atrasadinha’: Felipe Araújo e Ferrugem levam ‘pagonejo’ sobre amor ‘certinho’ ao nº 1 no Brasil

Compartilhe:
felipe-e-ferrugem

Um fenômeno despontou na preferência dos brasileiros em outubro e manteve a liderança em novembro. O centro da força está entre o Rio de Janeiro e o Centro-Oeste, mas o país todo se rendeu: “Atrasadinha”, de Felipe Araújo e Ferrugem, é a música mais tocada no Brasil.

A faixa faz parte do DVD do goiano Felipe Araújo, nome em ascensão no sertanejo, irmão caçula do falecido Cristiano Araújo. Mas a base da música é o pagode do carioca Ferrugem, carioca que lidera o ressurgimento do estilo nas paradas atuais.

Em “Atrasadinha”, eles cantam sobre um cara que se arruma todo, passa perfume e vai ao restaurante encontrar “uma boa menina”. Ela se atrasa, mas aparece. Ele dispensa o “vinho do bom” e faz suspense para dizer o que quer fazer… dar um beijo nela.

“Essa música é um pouco conservadora, certinha. A mulher chega atrasada e ele faz o melhor possível para impressionar, para dar no máximo um beijo. Não tem nada pesado, pejorativo, é leve”, descreve o próprio Felipe, 23 anos.

“É uma música curta, de assunto simples, entra fácil na cabeça da galera. Sem contar que é para cima”, opina Ferrugem – apelido de Jheison Failde de Souza, 30 anos. Seu maior hit anterior foi “Pirata e tesouro”, no começo deste ano.

Casamento de gêneros

Felipe defende o casamento entre pagode e sertanejo. “Atrasadinha” vai mais para o lado pagodeiro, mas ele também vê a marca sertaneja. “Tem um pouco da melodia. E também na levada: se você notar, quando o Ferrugem toca no show dele, fica mais acelerado. A velocidade menor puxa mais para o sertanejo”.

“Para mim, é um pagode com a linha melódica sertaneja que tem sido feita nos últimos tempos. São duas qualidades musicais diferentes, mas dão uma liga especial”, opina o convidado Ferrugem.

A escolha funcionou: com 90 milhões de views no YouTube em menos de 2 meses, “Atrasadinha” já superou a marca de “Amor da sua cama” em 1 ano (85 milhões) e vai disputar o posto de maior hit da carreira de Felipe Araújo com “A mala é falsa”, que teve 231 milhões em 2 anos e 3 meses.

Deixe seu comentário: